https://www.facebook.com/soribeiro14

https://www.facebook.com/soribeiro14
"As vezes falta rumo e sobra perna, o jeito é andar".

quinta-feira, 5 de março de 2015







A minha alma já sentiu o mundo caindo algumas vezes, e no dia seguinte, eu havia sobrevivido mais uma vez. E lá estava eu, teimosa, carregando um sorriso no rosto, e brigando com o destino, como quem diz: não desisto nunca!

Não que eu não pense em desistir, na verdade, essa ideia já atravessou minha vontade inúmeras vezes, mostrando o peso do cansaço que a luta traz consigo, mas a determinação sempre ganha, e eu continuo, não fujo a batalha. Dou a cara para vida, ela bate e eu revido, me mostro, arrisco, me jogo, não dou atenção para o medo, e vou vivendo um dia de cada vez, reconstruindo os pedaços danificados no caminho, sem pressa, meu tempo não respeita o relógio. 
E o fim do mundo? Foram tantas perdas e recomeços na estrada, que me tornei perita em reconstruir, se o mundo acabar, eu invento um mundo novo, de novo...
e sempre!

Janaina Cavallin

Um comentário:

BETONICOU disse...

E nos sempre estamos em construção não e' mesmo ? As vezes somos derrubado pelas intempéries na metade do caminho, ai nos reerguemos, e voltamos ao trabalha,à nossa obra ! gostei muito ! beijos Sonia !