https://www.facebook.com/soribeiro14

https://www.facebook.com/soribeiro14
"As vezes falta rumo e sobra perna, o jeito é andar".

sábado, 11 de agosto de 2012

Faz de conta que o céu tá bonito, que a saudade é pequena e que a fé é muita. Faz de conta que a dor foi-se embora. Faz de conta que ama e que é amada. 

Faz de conta que nada mais sangra, que o sonho não acabou e que o riso é constante. Faz de conta que num piscar de olho a gente constrói o que a gente quiser.

Faz de conta que o amor é tanto que corre das veias e chega a sobrar. Faz de conta que a inocência ainda existe e tá pertinho da gente.

Faz de conta que as pessoas que a gente gosta apareçam em sonho. Faz de conta que o fio da vida é longo e que nele cabe a eternidade.

 Faz de conta que as cantigas ocupam o lugar do choro. Faz de conta que a gente consegue desatar os nós de marinheiro que a vida dá.

Faz de conta que não é preciso inventar.


E nesse faz de conta, a menina se fazia inteira ...


Cris Carvalho

3 comentários:

blog da lille disse...

Adorei..lindo!
Bjs

literaturaemcontagotas disse...

Que lindas palavras! Bjs, querida! Karina

Cynthia Lopes disse...

A gente sempre se faz inteira, de dentro pra fora, na fantasia e na realidade do dia a dia. Coisa boa ser quem a gente é, seja quem for.
bjs